Notícias

Alegria e diversão dos policiais civis marcam o encerramento do São João do Sindpol

27/06/2017

Os policiais civis e seus familiares puderam comemorar o São João do Sindpol ao som do Trio Pé de Serra Abanos do Forró no último domingo (25). Uma quadrilha foi improvisada, e os policiais caíram na brincadeira e dançaram no Clube Social, além de se deliciarem com as comidas típicas, oferecidas pelo Sindicato.

Para o diretor de Comunicação do Sindpol, Bartolomeu Rodrigues, o tradicional São João do Sindpol leva alegria e segurança aos policiais civis e seus familiares. “Os sindicalizados e seus familiares se divertiram com segurança. É um momento de descontração. Mesmo com as chuvas, o evento contou com a presença significativa dos policiais civis”.

O vice-diretor Jurídico do Sindpol, Ricardo Nazário, ressaltou que mais uma vez o Sindpol proporciona aos policiais e seus familiares um momento de integração e união. “São tantas lutas diárias, e esse é um momento de descontração, de valorização da cultura nordestina, que envolve todos os presentes”.

O diretor de Planejamento do Sindpol, Stélio Pimentel Jr, disse que o evento é uma pausa da luta e também é uma comemoração das conquistas da categoria. “Somos uma das poucas categorias que conseguiram superar a inflação”, destaca.

O vice-presidente do Sindpol, Edeilto Gomes, destaca que o evento tem papel fundamental de promover o fortalecimento dos laços de amizades e companheirismo dos policiais civis, bem como tem o papel de promoção da saúde, criando um clima harmônico e promovendo o bem-estar para todos que participam desse evento cultural.

Maria José Caetano, esposa do policial civil Jairo Xavier, disse que assim que o marido saiu no plantão, ele veio com ela direto para o São João do Sindpol. “Os eventos são muito bem organizados, e a diversão já é garantida”.

O policial civil Givaldo dos Santos também revela que sempre vem aos eventos no Clube do Sindpol. “É sempre muito organizado. Cada dia está sempre melhor”, observa.

O diretor Jurídico do Sindpol, José Carlos Fernandes Neto, o Zé Carlos, ressalta que a luta dos policiais civis tem sido vitoriosa com avanço nas conquistas. “Esse momento lúdico fortalece a luta dos policiais civis. O Clube Social tem esse papel importante que une a categoria policial”.

19417574_1358011530919926_8455371833226111749_o - Copia 19442066_1358010710920008_1432597681675276793_o - Copia 19452973_1358011474253265_8810054803617294373_o - Copia 19243248_1358011557586590_7816611371680179819_o - Copia 19467791_1358011240919955_1064583261562137709_o - Copia 19477615_1358013007586445_6108195141005251933_o - Copia 19417267_1358012584253154_8773216466044310075_o - Copia 19441694_1358011000919979_3749788966136021274_o - Copia 19441664_1358011234253289_1837265037515353094_o - Copia 19417274_1358014630919616_4195557812709679935_o - Copia 19264530_1358010907586655_2389624981511891191_o - Copia 19417481_1358010894253323_6207174963807434517_o - Copia 19417122_1358010797586666_3495205151992750788_o - Copia